0
Os servidores Jorge Caddah (assessor do deputado Parsifal Pontes), Semmel Charone (ex-chefe de gabinete da presidência da Alepa, ligada ao ex-deputado Domingos Juvenil), e Daura Hage (prima do deputado Jr. Hage – secretário de Estado) estão presos temporariamente, em função de operação conjunta do MPE e Polícia Civil deslanchada hoje cedo. Há uma servidora foragida e 12 deputados estaduais foram intimados a prestar esclarecimentos. Robgol, que durante algum tempo namorou a pivô do escândalo, Monica Pinto, vai ter que explicar a origem de R$400 mil em espécie encontrados em sua casa, e R$50 mil em vales alimentação.

Foram apreendidos, ainda, documentos referentes a processos de licitações da Alepa em poder do ex-diretor financeiro da Casa, hoje diretor geral do Detran. A casa do sobrinho de Domingos Juvenil, Edmilson Campos, que foi chefe do gabinete civil da Alepa, sofreu busca e apreensão.

Ainda vai rolar muita confusão nessas investigações. Os desdobramentos prometem ser quentes. Vamos acompanhar.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Santarém na mira do MP

Anterior

Histórico

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *