0

A Prefeitura de Belém avança com a revitalização dos seis mil metros quadrados da Praça Batista Campos, cuja arquitetura é bem específica. A etapa atual de serviços contempla os coretos históricos. O projeto foi elaborado pelo Departamento de Planejamento Urbano da Secretaria Municipal de Urbanismo e as equipes trabalham simultaneamente em diversas frentes no local, fazendo também manutenção de todo o calçamento em pedras portuguesas e em concreto, da academia, lagos, pontes, parque infantil, quiosque da Guarda Municipal e do Castelinho, além de moderna iluminação em LED. A obra deve ser concluída em quatro meses. Nos coretos tudo começou com uma limpeza detalhada, aplicação de removedor de tinta e fundo preparador, o prime, para que a nova pintura seja duradoura, envolvendo recuperação das calhas e da cobertura.

O serviço será executado em todos os seis coretos da praça Batista Campos, com trabalhos diferenciados apenas em um, que tem estrutura em madeira e cobertura de cavaco, que já foi desmontado e já estão sendo remontando com madeira de lei, tratada e imunizada para que dure por muitos anos.

Não custa lembrar que a população precisa zelar pelos equipamentos públicos, não jogando lixo e cuidando para que todos façam bom uso, sem depredar ou pixar.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

O canto de Raoni

Anterior

Todos reclamam mas ninguém obedece

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *