0
Ontem à noite, Óbidos reviveu momentos de glória na posse de Eliziário Bentes e Célio Simões na Academia Paraense de Letras Jurídicas. O advogado Eudiracy Silva, orador que fez a saudação oficial aos dois, rememorou em seu discurso a trajetória de dois ilustres obidenses que fundaram a Academia Brasileira de Letras, além da APL: Inglês de Souza e José Veríssimo. Acumulando o exercício da presidência da OAB-PA, Eudiracy Silva, que é da Vigia, traçou com poesia e molho regional as linhas de seu discurso, com pitadas de fatos pitorescos como as origens dos dois novos acadêmicos, um das barrancas de baixo, outro das barrancas de cima do caudaloso Amazonas, um Papão roxo e outro Leão doente. A cerimônia foi prestigiadíssima por autoridades da área jurídica e personalidades obidenses. Como nem tudo é perfeito, só faltou piracuí e geléia de cacau decorada com cupuaçu, no coquetel servido…
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Perdidos na floresta

Anterior

Amazonas, Tapajós & Guamá

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *