Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

O Brasil não merece o Brasil

A convenção nacional do PMDB, hoje,  agravou ainda mais o clima que já é péssimo em Brasília. Até os peemedebistas que são ministros falaram mal da presidente Dilma Rousseff, nenhum a defendeu. Mais: ainda aprovaram uma moção impedindo qualquer filiado de integrar o ministério, pelo menos nos próximos 30 dias. E os que estão no cargo, será que ficaram de aviso prévio no emprego? É o que todos se perguntam. 

Dilma Rousseff diz que não tem cara de renúncia mas em suas feições é visível o abatimento, além da fala atabalhoada.  Chamou a si mesma de “o presidente”, enquanto a militância a ela se refere como “a presidenta”. Trocou as bolas e acabou dizendo “eu me renuncio”, para espanto do ministro Aloizio Mercadante, que a observava de perto. Para completar o quadro infernal, o ministro da Fazenda, Nelson Barboza, disse hoje que terá que adotar medidas drásticas, que desde os anos 30 do século passado não eram tomadas. 

Enquanto isso, o vice-presidente Michel Temer e os senadores Aécio Neves e José Serra, sob as bênçãos do ministro do STF Gilmar Mendes, conversam sobre Parlamentarismo; o ex-presidente Lula pode virar ministro, num abraço de afogados com Dilma; e, finalmente, mas não menos importante, o dólar cai e a bolsa sobe. Salve-se quem puder!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *