O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Brega no Pará é coisa séria. Tem Brega Pop, Brega Calypso, Brega Marcante, Brega Saudade, Tecnobrega, Melody, Tecnomelody … Verdadeiro hino (música oficial dos 400 anos de Belém), não há quem desconheça o clássico Ao Por do Sol, eternizado na…

Uma reunião no Ministério Público do Estado do Pará colocou em pauta a situação caótica da Unidade de Conservação Estadual Área de Proteção Ambiental da Ilha do Combu, onde proliferam construções e empreendimentos comerciais irregulares, transporte fluvial desordenado, festas e…

Novo alento para a hidrovia Guamá-Capim

O prefeito de Paragominas, Adnam Demarchki, promoveu uma audiência pública para dar novo impulso à hidrovia Guamá/Capim. Convidou a Cia. Docas do Pará e a AHIMOR – que enviaram técnicos para fazer exposição sobre o estágio atual do projeto -, além de lideranças políticas e empresariais, entidades de classe e populares.
Com extensão total de 419 Km, a hidrovia é formada pelos rios Guamá, com 157 Km no trecho compreendido entre sua foz, em Belém, e São Miguel do Guamá; e Capim, com 262 Km entre São Domingos do Capim e o entroncamento com a PA-256.

Afluente da margem esquerda do rio Guamá, o rio Capim nasce no sopé da serra dos Coroados, no nordeste do Pará, e vem sendo utilizado como via navegável desde a década de 1960. É navegável sem problemas até a altura do Km 100, no sentido Belém/Paragominas. Do Km 100 até o Km 250, devem ser feitas retificações em dez curvas, desobstrução do leito e sinalização dos estirões hidroviários compreendidos entre a foz do rio Capim até o entroncamento com a PA-256. Mas é preciso garantir a liberação de recursos pela União, de modo a viabilizar o escoamento da produção de Paragominas, através da intermodalidade com a BR-010 (30 Km) e PA-256 (42 Km).

A hidrovia é importante corredor de transporte de minérios, provenientes, em sua grande maioria, das ricas jazidas de caulim e de bauxita em Ipixuna e Paragominas. Atualmente surgem relevantes pólos agropecuários em sua área de influência, principalmente em Ipixuna, Paragominas, Ulianópolis, São Domingos do Capim e São Miguel do Guamá, que demandam escoamento de granéis sólidos, calcário, madeira, grãos e carga geral. Em Paragominas é preciso investir num complexo portuário fluvial de múltipla operação, na confluência do rio Capim com a PA-256, dotado de unidade de silos para armazenagem de grãos.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *