O IV Distrito Naval da Marinha do Brasil, em parceria com o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), Praticagem da Barra do Pará, Sociedade Amigos da Marinha Pará, Secretarias de Saúde de Barcarena e do Estado do Pará, Tribunal…

Guy Veloso, filho do saudoso jurista, notário e político Zeno Veloso, plantou em sua memória um pé de baobá na Universidade Federal do Pará, onde o ilustre parauara se destacou como professor de direito civil e direito constitucional, formando gerações…

Evellyn Vitória Souza Freitas nasceu no chão do banheiro do Hospital Municipal de Portel, município do arquipélago do Marajó (PA), no dia 28 de julho de 2021, por volta das 8h da manhã, prematura de 28 semanas e dois dias, pesando 1Kg e 39…

Vanete Oliveira, a jovem marajoara de 28 anos e mãe de cinco filhos que sofre há catorze anos com um tumor enorme em um dos olhos, que lhe cobre quase a metade da face, já está internada no Hospital Ophir…

Nota de esclarecimento de Eder Mauro


O deputado federal Delegado Éder Mauro (PSD/PA) esclarece que a discussão acalorada na manhã de hoje, na Assembleia Legislativa do Pará, ocorreu porque o presidente da comissão de Direitos Humanos, deputado estadual Carlos Bordalo (PT/PA), anunciou que faria um ato solene de entrega do relatório sobre o caso Pau D`Arco sem submeter a documentação a aprovação do colegiado, recusando-se a ouvir as demais autoridades e representantes da sociedade civil presentes no encontro. 

Ato que foi questionado pelo deputado Éder Mauro, já que Bordalo havia divulgado o documento à imprensa no fim de semana, em que descarta a hipótese de confronto. Sem dar explicação sobre a legitimidade do documento, Bordalo disparou: “Tu não vai te impor dentro da minha Casa”. Em resposta, Éder Mauro disse: “A casa não é tua casa, é do povo”. 

A discussão aumentou e o deputado estadual se reportou a Éder Mauro o chamando de “Fascista” e “Matador”, que revidou como visto no vídeo já veiculado nas redes sociais, em que aparece somente a partir deste momento e não o início da discussão. 

Éder Mauro reitera que participou da reunião, juntamente com o presidente da Comissão de Segurança da Alepa, deputado estadual Coronel Neil (PSD/PA), com o único propósito de cobrar explicações sobre o documento veiculado no fim de semana e apresentar o relatório da comissão de segurança para ser inserido no relatório final da Comissão de Direitos Humanos sobre o confronto ocorrido em Pau D`Arco, em maio deste ano.”

Cliquem e assistam ao vídeo na íntegra.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *