Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Alepa vai criar Selo Cultural

FOTO: OZÉAS SANTOS
No encerramento da XXI Feira Pan-Amazônica do Livro, ontem, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Márcio Miranda, acompanhado pela esposa, Daniela, e filhos, visitou estandes e conheceu autores e obras de escritores paraenses. No estande da UFPA, foi presenteado com “A República”, de Platão, e “Encantarias da Palavra”, lançamento de João de Jesus Paes Loureiro. E surpreendeu o secretário de Estado de Cultura, Paulo Chaves, ao anunciar projeto de lei declarando o evento Patrimônio Cultural e Imaterial do Pará, além do que, nos próximos anos, durante a semana da Feira, a Alepa homenageará 40 personalidades que contribuem para o engrandecimento da Feira, com medalhas alusivas. 

A intenção, além do reconhecimento, é garantir recursos à Feira, assegurar e ampliar a propagação da cultura paraense e a difusão das letras em todo o território estadual. Márcio Miranda também aproveitou para falar de outros projetos que está propondo para incentivar a área cultural no Pará. O Selo Cultural será outorgado às empresas que investem e patrocinam eventos culturais no Estado. O deputado defende, ainda, o aprimoramento da Lei Semear, a fim de que as pequenas empresas possam investir em eventos de menor porte e em artistas iniciantes. 

Por sua vez, o secretário Paulo Chaves já adiantou as novidades para 2018: Age de Carvalho será o escritor homenageado. E o país, o Brasil.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *