0
O secretário de Estado de Educação, Helenilson Pontes,  já exonerou, de uma só tacada,  110 servidores comissionados da Seduc. Também suspendeu os pagamentos a fornecedores e empreiteiros até apurar a legalidade de todos os gastos e está reformulando completamente a gestão da Secretaria. Elabora, ainda, um projeto de reestruturação administrativa que será submetido ao governador Simão Jatene, que, por sua vez, o enviará à Assembleia Legislativa.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Condicionantes a empresas no Tapajós

Anterior

Luiz Neto é o desembargador do TJE-PA

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *