0

Quem estiver precisando fazer Registro de Nascimento, 2ª via (Registro de Nascimento, Casamento e Óbito), além da Retificação de Registro, que é a correção de pequenos erros na certidão, pode aproveitar a ação do Ministério Público do Estado, amanhã e no dia 31, e exercer os direitos de cidadania, como por exemplo, reconhecimento de paternidade. 

Há casos de pessoas que têm a certidão de nascimento, mas, ao retirar a segunda via de Identidade, descobrem a ausência do registro no livro do cartório. Neste caso, chamado de registro tardio, a Promotoria de Registro pesquisa e faz todo o procedimento necessário para a adequação do documento, explica o promotor de Justiça João Gualberto dos Santos Silva.

Vejam na foto os endereços e horários e o que é preciso levar.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Siderúrgica de Marabá em expansão

Anterior

Exposição e sessão na Semana da Mineração

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *