Governador do Pará e presidente do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal, Helder Barbalho está com agenda intensa em Brasília, e em reunião com Lula nesta sexta-feira (27) apresentou documento proposto pelo CAL. Para o desenvolvimento regional do bioma amazônico,…

O Papa Francisco nomeou o atual bispo da prelazia de Marajó (PA), Dom Evaristo Pascoal Spengler, bispo de Roraima (RR), que estava sem titular há um ano, desde a transferência de Dom Mário Antônio da Silva para a arquidiocese de…

Utilizar o futebol como ferramenta de transformação social para crianças e adolescentes de todo o Pará é o objetivo do projeto "Futebol Formando Cidadão", que será lançado neste domingo (29) no oeste paraense. A iniciativa é do Tapajós Futebol Clube,…

No próximo sábado, 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Esta semana, foram divulgados dados da Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente a 2022, quando foram resgatados 2.575 trabalhadores em condições análogas…

Meninos do Trem


Nesta quarta (25), a 9ª e 10ª promotoras de justiça da Infância e Juventude de Marabá, Alexssandra Muniz Mardegan e Lilian Viana Freire,  promovem a audiência pública “Meninos do Trem”, na Câmara Municipal, com início às 13h, e participação do engenheiro ferroviário canadense James R. Bertrand, que inspecionou a Estrada de Ferro Carajás no período de 8 a 21 de fevereiro de 2014. O evento é aberto à sociedade, mas só os inscritos poderão se manifestar, o que pode ser feito no local do evento, até 30 minutos após a abertura. Representantes do Ministério Público do Estado do Maranhão também vão participar, pois também abriram procedimento acerca do assunto. 

O caso “Meninos do Trem” trata da situação de crianças e adolescentes que embarcam clandestinamente no trem de transporte de minério da Vale, atravessando os Estados do Pará e Maranhão, e ficam expostos a contaminação pelo minério, sufocamento e atropelamentos, entre outros perigos. O trem, considerado o maior do mundo, atravessa 27 municípios (4 do Pará e 23 do Maranhão). Em 2012, durante audiência pública em São Luís(MA), a Vale firmou acordo assumindo responsabilidades e despesas na criação de um Plano de Segurança. Indicado para a tarefa, o engenheiro ferroviário da agência reguladora de transportes do governo canadense, James R. Bertrand, realizou inspeção ao longo da EFC a fim de expor suas impressões e sugestões sobre a situação e o Plano de Segurança apresentado pela Vale. 

Para conhecer o edital  da audiência, clique aqui.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *