A desgraça sempre chega a galope, mas tudo o que é bom se arrasta indefinidamente no Brasil, o país dos contrastes e contradições, rico por natureza, com poucos bilionários e povo abaixo da linha da pobreza. Parece inacreditável, mas tramita…

O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, foi reconduzido ao cargo pelo juiz titular da Vara Única daComarca local, Wallace Carneiro de Sousa, e literalmente voltou a tomar posse nos braços do povo. Era por volta do meio-dia, hoje (26),…

A equipe multidisciplinar do centro obstétrico da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA), vivenciou uma experiência rara e emocionante: o parto empelicado. Imaginem um bebê nascendo dentro da placenta intacta, com os movimentos visíveis, praticamente ainda…

Em ação civil coletiva do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem, Técnico Duchista, Massagista, Empregados em Hospitais e Casa de Saúde do Estado do Pará, na qual o Ministério Público do Trabalho PA-AP atuou como fiscal da lei, a 2ª Vara…

Maestro Isoca no Memória Academia


Vejam que iniciativa maravilhosa da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal do Pará: a série Memória Academia, cuja primeira matéria a ser veiculada é sobre a vida e obra do maestro Wilson Fonseca, o Isoca. Pianista, compositor e historiador,  Wilson Dias da Fonseca era um ser iluminado e deixou vasto legado. De família tradicional de músicos de Santarém, ele nasceu em 1912 e sua primeira composição, “Beatrice”, aos 18 anos, foi para o cinema mudo. Quando
completou 80 anos de vida, o Núcleo de Artes da UFPA fez uma homenagem
ao músico genial e autodidata produzindo o disco do projeto “Nos Originais”, só com canções de Isoca. Em 1992, o Academia Amazônia preparou uma reportagem
especial sobre o maestro, que agora inaugura o Memória Academia.
 O material faz parte
do Banco Imagético da Amazônia. Cliquem e assistam.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *