0

Para se ter uma idéia de a quantas anda a saúde neste País: o Hospital Ofir Loyola é o único hospital público, nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, capaz de fazer transplantes de córnea e rim, e tem a única equipe credenciada pelo Ministério da Saúde para captar fígado e demais órgãos.

Mais da metade do Brasil não faz transplante de fígado. Há seis anos o Ofir Loyola vem se qualificando para implantar esse procedimento no Pará. Já dispõe de cinco hepatologistas especialistas em transplantes, mas para cumprir todos os requisitos do MS ainda precisa de mais dois médicos hepatologistas para fechar a equipe.

Em janeiro deste ano, pela primeira vez na região Norte, a equipe de cirurgia de fígado do HOL, coordenada pelo médico Paulo Soares, realizou a cirurgia de captação conjunta de fígado e pâncreas para transplante. Dados da Sespa revelam que em 2009 foram realizados 161 transplantes, entre córnea e rim.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

40 anos de espera

Anterior

Conduta lesiva

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *