0

O presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, negou hoje sete pedidos de liminar a candidatos com ficha suja que tentavam obter registro de candidatura. Considerou que “não havia argumento jurídico plausível” para suspender as inelegibilidades. Os sete condenados praticaram abuso de poder econômico nas eleições de 2006, receberam doação de campanha acima do limite permitido pela lei e fizeram propaganda eleitoral irregular.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Inimigo mora ao lado

Anterior

Factoide temerário

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *