A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

jogo de empurra

O deputado Fernando Coimbra (PDT) já andou de seca a Meca desde o início do ano, atrás de garantias de que os R$ 150 milhões, oriundos de emendas ao orçamento da União e destinados a obras de infraestrutura em 38 municípios do sul e sudeste paraense, não sejam perdidos.
Conversou com o chefe da Casa Civil, deputado federal Zenaldo Coutinho (PSDB); o líder do Governo, deputado Márcio Miranda (DEM); o líder do PSDB, deputado Megale (PSDB); e o titular da Sedurb. Ouviu de todos promessas de que os recursos seriam garantidos. Entretanto, os 145 projetos pendentes sequer obtiveram licença ambiental nem a contrapartida de 10% do governo do Estado.
No tradicional jogo de empurra, a culpa é atribuída ao governo de Ana Júlia Carepa (PT); mas, além do fato de que a administração pública é impessoal, muitos dos projetos datam do ano 2000, ainda no governo Almir Gabriel(PSDB), atravessaram a gestão de Simão Jatene (PSDB) e até agora necas. São obras e serviços de saneamento urbano e rural, pavimentação de estradas vicinais, construção de pontes de concreto e projetos agropecuários.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *