0
O governador Simão Jatene vai viajar, de 13 a 24 deste mês, para Doha, no Qatar, e para Cambridge, na Inglaterra. A Alepa deu autorização legislativa hoje para que ele se ausente do País, em missão oficial e de interesse do Estado. A viagem é a convite do chanceler do Comitê Permanente da América Latina para Prevenção do Crime – COPLAD, Elias Carranza, para compor, como membro oficial, a comitiva da América Latina que irá participar do 13º Congresso das Nações Unidas sobre a Prevenção do Crime e Justiça Criminal. 

Jatene será o representante de todos os governadores dos Estados amazônicos, oportunidade em que candidatará a Amazônia a sede do campus para estudos e pesquisas sobre controle ambiental e sustentabilidade projetado para integrar as atividades acadêmicas e científicas da futura Universidade Mundial de Segurança e Desenvolvimento Social. 

No 13º Congresso das Nações Unidas para Prevenção do Crime e Tratamento do Delinquente – ILANUD, o governador será palestrante convidado e vai apresentar, em workshop, o Pro Paz entre as melhores e diferenciadas práticas de políticas públicas voltadas à prevenção do crime urbano na América Latina. 

O relator do projeto de Decreto Legislativo foi o presidente da Comissão de Constituição e Justiça e Ouvidor da Casa, deputado Raimundo Santos(PEN).
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

51 anos daquela madrugada

Anterior

Juiz santareno conferencista internacional

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *