A 27ª Unidade de Conservação do Estado do Pará abrange os municípios de Jacareacanga e Novo Progresso, no sudoeste paraense. O Decreto nº 1.944/2021 foi assinado pelo governador Helder Barbalho na quinta-feira, 21, e publicado ontem (22) no Diário Oficial…

O Atlas da Dívida dos Estados Brasileiros, lançado no Fórum Internacional Tributário pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital, aponta que a dívida ativa das empresas com os entes federados soma estratosféricos R$ 896,2 bilhões, significando 13,18% do PIB…

Ao abrir oficialmente o Forma Alepa/Elepa, o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão, destacou a importância do trabalho que vem sendo executado pela Escola do Legislativo, treinando, qualificando e atualizando gestores, vereadores e servidores públicos, que dessa forma…

Em Itupiranga, força-tarefa do Ministério Público do Trabalho no Pará e Amapá, Auditoria Fiscal do Trabalho, Defensoria Pública da União e Polícia Federal resgatou sete trabalhadores em condições análogas às de escravos, em duas fazendas no sudeste paraense, e prendeu…

Inscrições rupestres

As descoberta das pinturas rupestres submersas no rio Trombetas é mais uma prova do quanto a nossa região merece atenção. Resgatando a história pré-colombiana na Amazônia, a arqueóloga Edithe Pereira, do Museu Emílio Goeldi, começou a estudar, no final da década de 80, vários sítios arqueológicos do Pará. E publicou o livro “Arte Rupestre na Amazônia – Pará”, ricamente ilustrado com fotografias da arte rupestre no Pará. A obra mostra os desenhos encontrados nas margens e nos trechos encachoeirados dos rios amazônicos, em grutas e abrigos. Dos mais de 300 sítios com arte rupestre já descobertos na Amazônia Brasileira, 111 estão nas regiões da bacia do rio Trombetas, dos rios Araguaia e Tocantins, do rio Xingu, além de Monte Alegre, Alenquer e Prainha.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *