A 27ª Unidade de Conservação do Estado do Pará abrange os municípios de Jacareacanga e Novo Progresso, no sudoeste paraense. O Decreto nº 1.944/2021 foi assinado pelo governador Helder Barbalho na quinta-feira, 21, e publicado ontem (22) no Diário Oficial…

O Atlas da Dívida dos Estados Brasileiros, lançado no Fórum Internacional Tributário pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital, aponta que a dívida ativa das empresas com os entes federados soma estratosféricos R$ 896,2 bilhões, significando 13,18% do PIB…

Ao abrir oficialmente o Forma Alepa/Elepa, o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão, destacou a importância do trabalho que vem sendo executado pela Escola do Legislativo, treinando, qualificando e atualizando gestores, vereadores e servidores públicos, que dessa forma…

Em Itupiranga, força-tarefa do Ministério Público do Trabalho no Pará e Amapá, Auditoria Fiscal do Trabalho, Defensoria Pública da União e Polícia Federal resgatou sete trabalhadores em condições análogas às de escravos, em duas fazendas no sudeste paraense, e prendeu…

II Sarau do IDC no CCBEU

 

No próximo dia 5, no Cine Teatro CCBEU, às 19h, o Instituto Dayse Cunha realiza seu segundo Sarau, com apresentação de dança, música e poesia, além da exposição de obras de jovens artistas plásticos, intitulada “Pele de Papel”. A direção é do professor Everton Pontes e são convidados especiais a cantora Cei Mello, os músicos Gorayebe (Fruta Quente) e o professor Andi “El Canijo”, que foi grande amigo e parceiro de dança de Dayse Cunha, que faleceu em meio ao confronto entre seus sequestradores e a polícia, e cujo projeto social foi finalizado na sua última noite. Dayse e as amigas da dança flamenca trabalharam até tarde, montando o texto em busca de patrocínio pela Lei Semear. Depois, ela foi deixar a dançarina Astrid em casa e em seguida rumou para o aeroporto de Val de Cães, a fim de pegar a documentação do Imposto de Renda. Na volta, houve o sequestro relâmpago que a vitimou. Na juventude, Dayse foi monitora em projeto social da antiga Fbesp e sempre gostou de atividades que encaminhassem positivamente os menos favorecidos economicamente. Para 2016 já está programado o espetáculo” Cuatrocentos”, com apoio do governo do Estado, em comemoração aos 400 anos de Belém. Confiram o endereço nos folders aí em cima e não percam o evento, cujo ingresso simbólico é de R$1.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *