Hoje a Assembleia Legislativa do Pará retomou seus trabalhos no segundo período legislativo do terceiro ano da da 19ª Legislatura, de forma totalmente presencial, apesar da reforma do prédio sede do Palácio Cabanagem e do próprio plenário Newton Miranda. Após…

Em visita oficial, a Academia Paraense de Jornalismo e a Comissão de Defesa do Patrimônio Histórico do Instituto Histórico e Geográfico do Pará pediu ao prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, o veto à alteração dos nomes da Rua da Municipalidade…

O IV Distrito Naval da Marinha do Brasil, em parceria com o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), Praticagem da Barra do Pará, Sociedade Amigos da Marinha Pará, Secretarias de Saúde de Barcarena e do Estado do Pará, Tribunal…

Guy Veloso, filho do saudoso jurista, notário e político Zeno Veloso, plantou em sua memória um pé de baobá na Universidade Federal do Pará, onde o ilustre parauara se destacou como professor de direito civil e direito constitucional, formando gerações…

Ideologia, eu quero uma pra viver

Até o dia 5 de julho, data fatal para o registro das chapas no TRE-PA, muita coisa ainda pode acontecer no cenário político parauara – ou nada, como diria Caetano Veloso.  A aliança entre PMDB/PT e DEM para o governo continua rendendo. “Mudança não há”, espeta o deputado federal Cláudio Puty(PT), que divulgou uma nota sobre o acordo. Ei-la:  “A articulação para indicar Lira Maia (DEM) de vice na chapa apoiada pelo PT para o governo do estado do Pará configura de vez um bloco político conservador, e que no cenário nacional tem patrocinado sistematicamente oposição a políticas sociais de transformação do Brasil.
Fui informado da decisão na quarta-feira, sem nunca ter sido consultado – talvez porque já soubessem de minha posição radicalmente contrária a essa chapa.
Gostaria de me solidarizar aos petistas legítimos de todo Pará, particularmente de Santarém e região, inclusive os que acreditaram que não lançarmos candidatura do PT seria um sacrifício em prol da reeleição de Dilma. A história está mostrando que o objetivo não era esse, e sim a disputa a qualquer custo pelo governo do estado”.

Por outro lado, o presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda, o ex-prefeito de Castanhal, Hélio Leite, e o vereador de Belém Abel Loureiro, por exemplo, todos do DEM, continuam oficialmente aliados do governador Simão Jatene(PSDB), a quem acompanham em deslocamentos pela capital e no interior. Durma-se com um barulho desses. Mas política é muito dinâmica. As coisas podem se ajeitar. Ou não.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *