0
Foto: Amatra8
A Associação dos Magistrados Trabalhistas da 8ª Região sediou, ontem, reunião do grupo de trabalho responsável pela avaliação do Plano Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo no Pará, instrumento que norteará as ações da Coetrae – Comissão Estadual para Erradicação do Trabalho Escravo no Pará. A presidente da Amatra8, juíza Claudine Rodrigues, integra o grupo, coordenado por representantes da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos-Sejudh.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Agenda & revista

Anterior

Mercado de trabalho parauara

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *