0
O juiz federal de Santarém, Francisco de Assis Garcês Castro Jr. concedeu liminar requerida pelo Ministério Público, suspendendo todos os efeitos e atos subsequentes do procedimento licitátorio para a concessão da Floresta Nacional Sacará-Taquera, até posterior definição judicial. O Serviço Florestal Brasileiro já foi notificado para imediato cumprimento, sob pena de multa diária de R$50 mil.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Dança das cadeiras

Anterior

Ignorância da TAM

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *