A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Ex-prefeito condenado pela Justiça Federal

Sentenciado pelo juiz federal substituto da 1ª Vara, Henrique Jorge Dantas da Cruz,  a ressarcir R$ 5,3 milhões recebidos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e do Magistério (Fundef), atual Fundeb, o ex-prefeito de Santa Isabel do Pará, Antônio Martins Simão, terá que devolver aos cofres públicos o valor correspondente à folha salarial do mês de dezembro/2004 dos professores do município, e também teve seus direitos políticos suspensos por quatro anos. Terá, ainda, que pagar multa civil no valor equivalente a 10 vezes o da última remuneração que recebeu e está proibido de contratar com o poder público ou receber benefícios e incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, mesmo que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos. Ainda cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília (DF). 

A ação civil pública foi movida pelo Ministério Público Federal, e Antônio Simão sequer apresentou contestação. Cliquem aqui para ler a sentença na íntegra (processo nº 0008061-38.2008.4.01.3900). 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *