0

A União Européia vai distribuir duas mil bolsas em programa de pós-graduação, em nível de mestrado, exclusivo aos países em desenvolvimento. O valor de cada bolsa é de 1,5 mil euros por mês, durante dois anos. O Brasil vai ficar com cem. A seleção de candidatos deverá ser feita sob orientação do MEC, que pretende dar tom regional à escolha dos alunos, a fim de evitar que só os oriundos de universidades mais conhecidas no exterior, como a USP, sejam aceitos pelas universidades envolvidas no projeto.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Pesquisas ítalo-brasileiras

Anterior

Disque-denúncia

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *