0

FOTO: ASCOM DEFESA CIVIL 
A erosão atingiu 80% na praia do Caripi, em Barcarena, causada pela maré. Cerca de quarenta imóveis, entre residências e casas comerciais, foram interditados. O pior é que neste fim de semana está prevista maré alta de grande amplitude no Caripi. Uma equipe da Defesa Civil do Estado  e do Corpo de Bombeiros está de plantão no local. Algumas famílias já estão se mudando voluntariamente. A cheia do rio e o movimento das marés atinge a camada do solo abaixo da rua, comprometendo todas as estruturas próximas da praia. Houve um aterramento anos atrás, mas não foi suficiente para conter as águas. Agora no período das cheias dos rios amazônicos esse movimento tende a aumentar ainda mais, diz o major da Defesa Civil do Pará Adailton Souza.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Epaminondas na Marcha de Belém

Anterior

Quem pode ajudar Alter-do-Chão?

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *