0

Vejam que legal: “Cametá. Histórias para ouvir e contar” (foto), “Mosqueiro: Ilha dos Sabores”“Pau e corda, histórias de carimbó” “Mora na Filosofia”,  e “Beneditos”, documentários que retratam a música, a gastronomia e a literatura parauaras, produzidos pela TV Cultura do Pará, estão disponíveis no canal do Portal Cultura no YouTube.  


Dirigido por Roger Paes, “Cametá. Histórias para ouvir e contar” (foto), mergulha no universo das narrativas populares e mostra a riqueza cultural do município, localizado na região do Baixo Tocantins, registrando histórias repassadas de geração a geração. “Mosqueiro: Ilha dos Sabores”, também com direção de Roger Paes, acompanha os internautas numa expedição gastronômica pela maior ilha de Belém. A partir de vários personagens, o público conhece iguarias como o camarão no bafo, o urucum engarrafado, as tapioquinhas, o mingau de banana, o pastelzinho, o peixe frito e o doce Adelaide, entre outras delícias. “Pau e corda, histórias de carimbó”, de Robson Fonseca, é uma viagem nos ritmos paraenses que percorre Belém, Santarém Novo, Curuçá e Marapanim, gravando em cada cidade videoclipes com vários grupos, com várias vertentes do carimbó – praiano, rural e urbano.
Já “Mora na Filosofia”, de Júnior Braga, reúne depoimentos de pessoas que conviveram com o filósofo e escritor paraense Benedito Nunes, falando sobre a personalidade desse que foi um dos maiores intelectuais da atualidade e a importância de sua obra. “Beneditos”, com direção de Lygia Maria, lança olhar aprofundado sobre a Marujada, uma das mais importantes manifestações religiosas e culturais do Pará. Além de esmoladores, promesseiros e marujas, “Beneditos” tem entrevistas com o historiador Dário Benedito Rodrigues, o linguista José Guilherme Fernandes, o músico Toni Soares, o padre Nelson Magalhães e ainda o presidente da Irmandade de São Benedito, João Batista Pinheiro, entre outros. Assistam.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

MPE de Salinas age contra operadoras

Anterior

Convênio de pesca em Vigia

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *