0
Se beber, não dirija. Ponha o cinto de segurança, verifique os pneus e todos os equipamentos de seu carro. Não leve bebês no colo no banco do carona. Não exceda a velocidade permitida. Há muitos veículos nas estradas, está chovendo demais e o perigo de acidentes é enorme. Preserve sua vida e a dos outros.

O Detran e a Polícia Rodoviária Estadual estão utilizando bafômetros. Mesmo que o condutor se recuse a soprar no equipamento, os agentes de trânsito e os policiais rodoviários podem autuá-lo, levando em conta os claros sinais de embriaguez.

Quem for flagrado dirigindo alcoolizado será multado em R$ 957,69, pode ter o direito de dirigir suspenso, além de ser encaminhado a uma delegacia de polícia para registro da ocorrência policial.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Fora, corruptos!

Anterior

Profissão de risco

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *