0

Nem tudo está perdido. Hoje é dia do padroeiro casamenteiro. O blog ensina uma simpatia típica – e talvez a mais famosa – às mocinhas casadoiras: amarrar hoje à noite uma fita branca à imagem de Santo Antônio, que deve ser guardada de cabeça para baixo dentro do armário de roupas, pedindo para encontrar o amor no prazo de três meses.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Programa junino

Anterior

E o Pará?

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *