A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

A Cosanpa abriu nada menos que seiscentos buracos imensos nos bairros mais movimentados de Belém, infernizando a vida de todo mundo com engarrafamentos e causando graves riscos de acidentes, principalmente porque chove sempre, e quando as ruas alagam os buracos…

O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Coro Carlos Gomes, orgulho do Pará

Na abertura do 25º GP de Atletismo, neste domingo, no Mangueirão, o Coro Carlos Gomes vai entoar o Hino Nacional. Considerado um dos melhores Coros de câmara do País, o Carlos Gomes foi premiado com Medalha de Ouro, na categoria Coro Misto de Câmara, e Medalha de Prata na categoria Música Contemporânea, durante a 5ª Olimpíada Mundial de Coros (Word Choir Games), em Graz, na Áustria, em 2008, confirmando assim seu alto nível técnico.
Há 14 anos sob a regência da maestrina Maria Antonia Jimenez, o Coro é integrado por alunos, ex-alunos e professores do Instituto Estadual Carlos Gomes, e contribui com projetos pedagógicos e de responsabilidade social, como concertos didáticos da Fundação Carlos Gomes e diversos outros eventos de caráter beneficente, além de representar o Pará em eventos e festivais realizados em outros Estados e países.
Em 2003, lançou seu 1º CD, o Coro Belo. Em 2004, gravou o CD O Cantochão do Pará, resultado de trabalho do pesquisador Vicente Salles, atendendo ao convite da Secult. Em 2005, ao completar 10 anos de existência, fez a primeira audição no Brasil da Missa Cubana, de José Maria Vitier, ao lado do coro cubano Exaudi, apresentando posteriormente a mesma obra na abertura da XI Feira Pan-Amazônica do Livro, em homenagem a Cuba, em 2007.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *