0
Não era com o deputado Jader Barbalho, como saiu hoje no Repórter Diário, e sim com o presidente da Alepa, deputado Domingos Juvenil, o encontro do chefe da Casa Civil, Everaldo Martins Filho. Classificada como de cortesia, a visita é o começo de uma nova fase na relação do Executivo com o Legislativo, comentou o presidente da Alepa, citando o ex-tetra-presidente Ulysses Guimarães: “- quando duas partes não se entendem, é porque precisam conversar. E se continuam a se desentender, é porque é preciso mais conversa-“. Mesmo negando que a pauta da reunião tenha incluído os projetos de empréstimo, Juvenil se disse otimista e fez questão de relatar o fato de ter sido colega de Parlamento do pai de Everaldinho. E deu uma espetada discreta, ao contar que a recente derrubada de dois vetos governamentais poderia ter sido contornada, se antes tivesse havido diálogo em torno dos projetos.

Se a primeira impressão é o que conta, é provável que o caminho do entendimento esteja sendo trilhado entre os dois Poderes.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Retrocesso no Judiciário

Anterior

Narcotráfico e pedofilia no Marajó

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *