0

O Jornal de Brasília deve pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais a um casal que teve foto publicada duas vezes sem autorização. Na primeira vez, para ilustrar reportagem sobre o Dia dos Namorados, o casal não se incomodou. Mas, na segunda, a foto foi usada em notícia sobre doenças provocadas pelo beijo. Os dois viraram motivo de chacota entre os colegas. O rapaz, policial civil, passou a ser desrespeitado pelos presos sob sua guarda. A moça, professora de adolescentes, foi alvo de brincadeiras desagradáveis: passou a ser chamada pelas crianças de “boca de sapo” e “sapolândia”.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Conversa fabricada

Anterior

Caldo de galinha

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *