0
De 1982 a 2009, o estado do Pará notificou 242 acidentes por escalpelamento nos municípios do Marajó, região Metropolitana, Nordeste, Baixo Tocantins e Tapajós. Vale lembrar que há muitos casos não registrados. Com o tema “Acidente do motor-escalpelamento – Depende de nós, evitar essa tragédia“, o governo do Estado vai lançar uma campanha de prevenção, de modo a esclarecer, sensibilizar e conscientizar os usuários de pequenas embarcações para, desta forma, erradicar acidentes do tipo. Equipes visitarão oito portos da grande Belém, fazendo palestras-relâmpago e distribuição de cartazes, folders e faixas. Serão veiculadas mensagens nas emissoras de TV e rádio da capital e do interior. Os donos de barcos serão alertados sobre a obrigatoriedade da cobertura do motor, em cumprimento à Lei Federal nº 11.970/2009, para garantir maior segurança durante a viagem, sob pena de multas e apreensão do barco. O material educativo também será enviado para os municípios ribeirinhos para que sejam distribuídos aos romeiros que vêm para o Círio de Nazaré.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Queremos qualidade de vida

Anterior

Apelo do Sindju

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *