A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Chorinho Pai D´Égua

Parece profanação – não é comum instrumentos clássicos (violoncelo e piano) tocarem um chorinho num templo religioso, em evento destinado à música erudita -. Mas trata-se de homenagem à música brasileira e paraense. Amanhã (6), às 18:30h, será executado o “Chorinho Pai D’Égua”, de Vicente Fonseca, em primeira audição, com arranjo para Duo de Violoncelo e Piano, que o compositor dedicou ao violoncelista paraense Diego Carneiro, que reside em Londres. O recital será na Igreja de Santo Alexandre, durante o 20° Festival Internacional de Música do Pará, promovido pela Fundação Carlos Gomes, em Belém. O violoncelista será acompanhado, ao piano, da Profª Helena Maia. Não percam!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *