0
Compartilhamento
O Oeste do Pará vive a maior enchente dos últimos 156 anos. O nível do rio Tapajós chegou a nove metros acima do normal, hoje. Há 1.084 pessoas desabrigadas e 23.426 desalojadas. Os afetados pelas cheias somam 177.011. A última vez que os rios da região subiram assim foi por volta de 1853. 17 municípios estão em estado de emergência – Curuá, Faro, Juruti, Óbidos, Oriximiná, Terra Santa, Alenquer, Almeirim, Monte Alegre, Prainha, Porto de Moz, Santarém, Aveiro, Jacareacanga, Novo Progresso, Rurópolis e Trairão.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Abrajet, do IHGP e do IHGTap, editora do portal Uruá-Tapera.

Os telefonemas de Sefer

Anterior

Perigo dobrado

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *