0
Hoje de manhã, havia fila tripla em frente ao Palácio Lauro Sodré, Museu do Estado, além da fileira de carros no lado oposto da rua. Até aí, nenhuma novidade, não fosse um caminhão papa-lixo estacionado (não havia nem sinal do motorista) na fila tripla.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Parentada em pânico

Anterior

Ninguém vê?

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *