Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Bochinchos da política

As eleições municipais do ano que vem serão a antessala das eleições para o Governo do Estado – e da Presidência da República, é claro -, daí que o jogo será pesado. Muito pesado. Não vai ser para quem quer, e sim para quem pode, se é que me entendem. E isso em todo o País. Os pré-candidatos a prefeito de Belém do Pará já se assanham. Além do prefeito Zenaldo Coutinho(PSDB), que, naturalmente, pleiteia a reeleição, o deputado federal delegado Eder Mauro – que é do PSD, da bancada governista, mas se alinha com o senador Jáder Barbalho(PMDB) -, o deputado federal Edmilson Rodrigues(PSOL), o ex-prefeito Duciomar Costa – que vai perder o comando (oficial) do PTB com a fusão deste com o DEM e deve por isso ir cantar em outra freguesia -, o ex-deputado federal Cláudio Puty e a ex-governadora Ana Júlia Carepa são opções pelo PT, que deve se empenhar ao máximo, diante do quadro crítico do partido em nível nacional -, e há quem diga que Helder Barbalho(PMDB) viria com tudo para disputar a vaga. 

Com a fusão PTB-DEM, que vai abrir janela legal para muitas figuras trocarem de partido, muita novidade pode surgir no cenário político-eleitoral. Inclusive o filho do pastor deputado federal Josué Bangtson. As igrejas, cada vez mais, querem se estabelecer com força não só nos templos, mas também no Parlamento e governos.

Em Ananindeua, segundo maior colégio eleitoral parauara, o prefeito Manoel Pioneiro vai pleitar, lógico, a reeleição, e o radialista Jefferson Lima anda tentando se colocar no tabuleiro da política.

A questão é que, de olho em 2018, muita raposa felpuda já promove tiroteios nos bastidores, através de prepostos, contra aliados que estão em evidência e podem, no futuro, vir a passar a perna em, digamos, pretensões maiores. O tradicional fogo amigo

Vamos acompanhar o furdunço.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *