0
O arquiteto e urbanista Paulo Ribeiro, coordenador de Gestão e Planejamento do Ação Metrópole, garante que a rotatória de 1 Km de extensão que eliminará, a partir do próximo dia 26, o cruzamento entre as avenidas Pedro Álvares Cabral e Júlio César, terá congestionamentos bem menores do que os que infernizam o trânsito no Entroncamento. Parte das pistas integram o projeto original do elevado e do trevo de quatro saídas e permanecerá quando a obra for inaugurada, até maio de 2010. As alças do Elevado se interligarão ao binário que a Prefeitura supostamente constrói (?) nas avenidas Senador Lemos e Pedro Álvares Cabral, para facilitar o escoamento do tráfego que vem de Ananindeua e Icoaraci, pelas avenidas Augusto Montenegro, Independência e Júlio César.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Nota oficial

Anterior

Sabadão

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *