0
Está feia a guerra política.

Tudo começou porque o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), declarou à Veja que, se os tucanos ganharem as eleições, acabarão com o PAC.

Pra que
! Dilma Roussef se doeu e deu umas bordoadas em Guerra, ontem.

Não satisfeito, o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini (SP), divulgou nota, hoje, afirmando que o PSDB está “descontrolado para a legítima disputa de projetos, perde a oportunidade de ficar calado” e que espera que “a oposição não se esconda, nem se acovarde de defender a herança de FHC, da privatização, desemprego e paralisia nacional”.

A vice-presidente do PSDB, senadora Marisa Serrano (MS), passou recibo e mandou bala. Disse que o PAC é um “slogan publicitário sem foco nem objetivo“.

Em novo round, há pouco, o senador Sérgio Guerra soltou uma nota oficial desancando o PT. Bateu sem dó nem piedade: “O PT é doutor em terrorismo eleitoral, não respeita a lei e faz campanha com dinheiro público.”

Como brasileiro ri da própria desgraça, já corre no território livre da internet “PSDB – P-artido S-em D-ireção nem B-andeira; PT – P-artido dos T-erroristas”.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Diversidade religiosa

Anterior

Pathos aqui, já!

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *