0

Vejam só: há meses a Azul prometeu voos noturnos de Belém a Tucuruí a partir do dia 22 de novembro. O anúncio teve direito a entrevista coletiva com a presença do governador Helder Barbalho. Agora que estava chegando perto do prazo e já tinham até começado a vender as passagens a companhia decidiu cancelar a programação, alegando atrasos na entrega da infraestrutura necessária para balizamento noturno de aeronaves no Aeroporto Regional de Tucuruí.

O cronograma de conclusão das obras no aeroporto previa que até o dia 22 – data que marca o início das operações da Azul em Tucuruí – toda a estrutura estaria em amplo funcionamento. Mas o balizamento será entregue só em maio de 2022. Os clientes que já haviam adquirido bilhetes estão furiosos e com toda razão: serão reacomodados nos voos diurnos para o município, que seguem mantidos às terças, quintas, sábados e domingos. Confiram na foto.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Heróis da FEB

Anterior

PGJ no Marajó

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *