0
O presidente da Assembleia Legislativa do Pará, Manoel Pioneiro (PSDB), tomou uma decisão acertada. Antecipando-se à auditoria programada, que envolverá contratos de materiais, equipamentos e serviços, oficiou ao Tribunal de Contas do Estado solicitando auditoria especial na folha de pagamento da Alepa.

Hoje mesmo os técnicos do TCE-PA Helena Yuri Saito, Ana Paula Cruz Maciel, Amaro Pimentel Ferreira e Max Ney de Parijós, todos servidores efetivos, ocupantes do cargo de Analista Auxiliar de Controle Externo, sob a coordenação do diretor em exercício do Departamento de Controle Externo, Carlos Edilson Melo Resque, já estão na Assembléia, cumprindo a missão para a qual foram designados.

Na sessão administrativa desta manhã, o presidente da Corte, conselheiro Cipriano Sabino, deu conhecimento da medida ao plenário, e os conselheiros Luis Cunha, Nelson Chaves e Lourdes Lima comentaram a situação na Alepa, pontuando a necessidade de que tudo seja esclarecido, para o bem do Legislativo como instituição.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Fantasmas e laranjas na Câmara

Anterior

Alepa carimbolizou

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *