0
A Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional realiza hoje à tarde, no Plenário 15, Anexo 2, da Câmara Federal, o seminário Tecnologias e investimentos para o transporte fluvial de passageiros e cargas na Região Amazônica e lança a Frente Parlamentar pelo Desenvolvimento da Navegação Fluvial na Amazônia. A proposta é da deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP), que já organiza a Frente e é a responsável pela criação do Grupo de Trabalho formado dentro do governo federal para elaborar política pública que facilite o financiamento e aprimore a navegação fluvial na Amazônia. O setor carece de investimentos financeiros públicos em toda sua cadeia operacional. Faltam recursos para a construção, pesquisa e aperfeiçoamento tecnológico, implantação de hidrovias e fiscalização, por exemplo. A região Norte, que concentra a maior malha hidroviária do País, não tem sequer um centro de formação e capacitação naval.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Cuias de Santarém

Anterior

Contra-proposta ao MPF

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *