0
O povo quer saber quais as providências tomadas quanto ao fato do Cabo PM Cavalcante não ter sido preso – e, ao invés disso – protegido por seus colegas de farda – em flagrante crime de estupro contra vulnerável, menino de 12 anos, seu vizinho, na madrugada de sexta-feira, na Região Metropolitana de Belém. A mãe da vítima denunciou o fato, com o testemunho de todas as famílias que moram no local.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Nepotismo oculto

Anterior

Supermercado flutuante

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *