0
Hoje faz exatos dez anos do assassinato da jornalista Sandra Gomide por Pimenta Neves, seu ex-namorado e ex-chefe nos jornais Gazeta Mercantil e O Estado de S.Paulo. Um crime ainda sem castigo.
A repórter Nora Gonzalez, que trabalhou nos dois jornais vários anos e conviveu com personagens que acompanharam de perto a tragédia, fez uma matéria especial sobre o caso para o Jornalistas&Cia. Leiam aqui.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Agenda dos candidatos

Anterior

Crime ambiental

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *