Vanete Oliveira, a jovem marajoara de 28 anos e mãe de cinco filhos que sofre há catorze anos com um tumor enorme em um dos olhos, que lhe cobre quase a metade da face, já está internada no Hospital Ophir…

Equipes da Divisão de Homicídios e da Delegacia de Repressão de Furtos e Roubos estavam monitorando há um mês o grupo criminoso que planejava roubar em torno de R$ 1 milhão no caixa eletrônico do Banpará localizado dentro do Hospital…

Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

Agiotagem no MPE-PA

O Ministério Público Estadual do Pará logo, logo, enfrentará um escândalo dentro da própria instituição. É que um promotor de justiça, praticante de agiotagem, ao saber que não receberia os pagamentos de empréstimos feitos a vários colegas seus, simplesmente entrou na justiça (!). E os promotores devedores, diante da falta de providências da Corregedoria do MPE, enviaram farto material, inclusive os autos do processo, ao Conselho Nacional do Ministério Público, que em breve baixará por estas plagas.
Por sinal, o CNMP anda fazendo questão de mostrar serviço e, na sessão de terça-feira passada, 17, por unanimidade, aplicou pena de suspensão por 90 dias ao subprocurador-geral da República Antônio Augusto César, além de encaminhar os autos ao procurador-geral da República recomendando a propositura de ação para perda do cargo. O que prenuncia mau agouro para o agiota do MPE paraense.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *