0
Ontem a Câmara de Belém mostrou a serviço de quem está. Foram 16h30 em 12 sessões extraordinárias seguidas. Tudo para garantir o bem estar da população, como é obrigação constitucional do alcaide e dos vereadores? Imaginem! Claro que não. Foi mesmo para aprovar a redução de 60% do ISS para os donos de ônibus. A situação passou o rolo compressor na oposição. Por culpa do prefeito e seus aliados, os ônibus continuarão caindo aos pedaços, imundos, trafegando perigosamente, maltratando passageiros. Os impostos que pagamos vão, como sempre, pelo ralo. Mas os empresários certamente darão valiosa contribuição na campanha do ano que vem. Será que o Ministério Público vai ficar inerte diante desse escândalo?
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Agora vai

Anterior

Programa cultural

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *