0

Em um ataque fulminante, o festejado poeta paraense Luís Carlos França faleceu na calçada em frente ao Hotel Hilton, em Belém, a caminho de consulta médica. O músico e professor Marcos Puff testemunhou o desenlace e abrirá o Teatro Waldemar Henrique, que gerencia, para o velório, a partir das 23 horas.

De uma geração que movimentou Belém na década de 80, Luis Carlos França era um artista muito presente na vida cultural da cidade, compondo músicas, dirigindo espetáculos e além da atuação nos palcos.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Oposição reage

Anterior

Informação privilegiada

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *