A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Acordo histórico entre Sinjor e Funtelpa

Foto: Camila Lima
O Sindicato dos Jornalistas do Pará e a Fundação Paraense de Radiodifusão marcaram de modo positivo o Dia do Jornalista, ontem, com o primeiro acordo coletivo celebrado no Ministério Público do Trabalho, na presença do procurador do MPT, Hideraldo Machado, que orientou e acompanhou toda a negociação entre as duas instituições desde meados do ano passado. O documento foi assinado pela presidente do Sinjor-PA, Roberta Vilanova; pela presidente da Funtelpa, Adelaide Oliveira, pelo assessor jurídico do Sindicato, André Serrão; e pelo procurador fundacional, Fabrício de Oliveira. Há que se mencionar o empenho fundamental da ex-presidente do Sinjor-PA, Sheila Faro, e de toda a diretoria. Está mantida a data-base no dia 1º de abril e o acordo tem vigência de 24 meses. Conversando se acha sempre uma solução. Festejo o consenso entre Roberta e Adelaide e respectivas assessorias, em benefício de dezenas de jornalistas que trabalham duro e merecem a retribuição em seus vencimentos. Alegria dobrada porque o procurador Hideraldo Machado é meu conterrâneo de Santarém e ex-colega de turma no Colégio Dom Amando.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *