A igreja de São Francisco de Assis em Belém do Pará, carinhosamente chamada pelos fiéis de "Capuchinhos", completará cem anos de sua inauguração em 02 de outubro de 2022. A abertura oficial das festividades será com um concerto na igreja…

O trânsito continua matando mais do que muitas guerras. A administradora Gina Barbosa Calzavara, coordenadora dos bosquinhos da Universidade Federal do Pará, fez uma emocionante homenagem à memória do jovem Jean Serique Lameira, esportista do ciclismo e que também usava…

O Laboratório de Engenharia Biológica do Parque de Ciência e Tecnologia - PCT Guamá está estudando o sequenciamento genético do açaí, de modo a assegurar a rastreabilidade de ponta a ponta na cadeia produtiva e padrões de qualidade para os…

A Lei estadual nº 9.278/2021, que entrou em vigor em 30 de junho deste ano, instituindo a obrigação de que pessoas residentes em condomínios, conjuntos habitacionais e similares comuniquem à Polícia Civil, de forma imediata, qualquer tipo de agressão praticada…

Acordo histórico entre Sinjor e Funtelpa

Foto: Camila Lima
O Sindicato dos Jornalistas do Pará e a Fundação Paraense de Radiodifusão marcaram de modo positivo o Dia do Jornalista, ontem, com o primeiro acordo coletivo celebrado no Ministério Público do Trabalho, na presença do procurador do MPT, Hideraldo Machado, que orientou e acompanhou toda a negociação entre as duas instituições desde meados do ano passado. O documento foi assinado pela presidente do Sinjor-PA, Roberta Vilanova; pela presidente da Funtelpa, Adelaide Oliveira, pelo assessor jurídico do Sindicato, André Serrão; e pelo procurador fundacional, Fabrício de Oliveira. Há que se mencionar o empenho fundamental da ex-presidente do Sinjor-PA, Sheila Faro, e de toda a diretoria. Está mantida a data-base no dia 1º de abril e o acordo tem vigência de 24 meses. Conversando se acha sempre uma solução. Festejo o consenso entre Roberta e Adelaide e respectivas assessorias, em benefício de dezenas de jornalistas que trabalham duro e merecem a retribuição em seus vencimentos. Alegria dobrada porque o procurador Hideraldo Machado é meu conterrâneo de Santarém e ex-colega de turma no Colégio Dom Amando.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *