Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Em 17 de dezembro de 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas designou o 25 de novembro Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher. Passados 22 anos, os dados do 14° Anuário Brasileiro de Segurança Pública são aterrorizantes: por…

Acorde, governador!

Os concertos da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, da Amazônia
Jazz Band e todas as iniciativas da Secult têm sido prejudicadas pela falta de
divulgação. Muita gente que ama a música e é fã da programação só fica sabendo
depois dos eventos. É que o secretário de Comunicação do Pará, Ney Messias, que
tem o ego desmedido, queria ter sido nomeado secretário de Cultura, e usa seu
cargo para jogar o trabalho da Secult no
limbo
. Só divulga o Terruá Pará e os que integram a sua panelinha. O governador Simão Jatene assiste
a tudo inerte. O secretariado engole
se engasgando, por ossos do ofício. Mas o povo não é cego nem surdo. E amigos
de Jatene lembram que ele é dado a se
encantar
com determinadas figuras,
de quando em vez. Na época em que era secretário especial de Produção, José
Carlos Lima e Raul Meirelles eram os queridinhos.
Jatene criou o PV, fez de Zé Carlos o chefe da Casa Civil e articulador
político do Estado, e deu idêntica função a Raul Meirelles, na prefeitura de
Belém, junto a outra invenção sua,
Duciomar Costa. Deu no que deu. Dizem
que Jatene parece estar esquecido.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *