0
O presidente da República em exercício, José Alencar, sanciona, nesta quinta-feira, a lei que cria a Universidade Federal do Oeste do Pará, baseada em Santarém. A governadora Ana Júlia Carepa vai a Brasília para prestigiar o ato, que acontece no Centro Cultural do Banco do Brasil, às 17 horas.

A expectativa é de que, agora, a produção do conhecimento seja cada vez mais interiorizada e oferecidos cursos de formação técnica de acordo com a vocação regional, ajudando a alavancar cadeias produtivas como a minerária. Hoje, empresas como a Alcoa, que faz a exploração de bauxita em Juruti, importam de outros Estados a grande maioria da mão-de-obra.

O projeto da Ufopa foi aprovado na Câmara Federal no dia 14 de julho. Para atender à nova universidade, foram criados 432 cargos efetivos de professor, 120 cargos técnico-administrativos de nível superior, 212 cargos técnico-administrativos de nível médio, 41 de direção, 1A70 funções gratificadas, um de reitor e um de vice-reitor.

A nova universidade deve funcionar já no ano que vem. Os alunos regularmente matriculados nos cursos em Santarém serão transferidos automaticamente para a nova instituição, assim como professores, funcionários e recursos materiais das duas instituições que serão desmembradas.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Vale tudo

Anterior

Ribeirinhos inglórios

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *