Área contígua ao centro histórico de Belém do Pará, Zona Especial do Patrimônio Histórico declarada por lei, o bairro do Reduto, cenário industrial da belle Époque, da Doca do Reduto no início do século XX, com suas canoas coloridas repletas…

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça fixou, sob o rito dos recursos repetitivos, a tese de que o servidor federal inativo, independentemente de prévio requerimento administrativo, tem direito à conversão em dinheiro da licença-prêmio não usufruída durante a…

O prefeito Edmilson Rodrigues cumpriu agenda institucional em Brasília, ao lado do secretário municipal de Gestão e Planejamento, Cláudio Puty. No Ministério da Economia, trataram das obras de saneamento básico no Canal do Mata Fome, no bairro do Tapanã, onde…

O leite materno contém propriedades importantes para o crescimento e desenvolvimento do bebê, fortalecendo a sua imunidade contra diversas doenças. Em 1992 a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação criou a Semana Mundial de Aleitamento Materno, de 1 a 7 de…

A aliança política em Marituba

Em política, tudo pode acontecer, inclusive nada. Em Marituba, poderá haver uma inusitada coligação PMDB/PSDB nas eleições municipais de 2016, juntando o tucano Antonio Armando Filho e o peemedebista Elivan Faustino, que não por acaso é irmão do líder do Governo na Alepa, deputado Eliel Faustino(SDD). 

O samba-do-crioulo-doido, aliás, pontifica no município. Elivan Faustino foi eleito em 2013 prefeito, empossado e geriu Marituba durante cerca de um ano, até que o pleito suplementar que TSE e TRE-PA promoveram foi anulado, em abril de 2014, a fim de dar posse a Mário Filho (PSD), que assumiu a prefeitura tendo Elivan como vice. Mário foi o candidato mais votado nas eleições de 2012, porém seus votos foram contabilizados em separado porque ele teve o registro indeferido pela Justiça Eleitoral, decisão revertida depois de já ter sido dada a solução de eleição suplementar. O caso até hoje é discutido no Judiciário. 

Para completar a maluquice, Mário Filho é do PSD, partido oficialmente aliado ao governador Simão Jatene mas cujos integrantes das bancadas estadual e federal não falam a mesma língua e têm um relacionamento, digamos, difícil com o presidente estadual da sigla, que é ninguém menos que o secretário de Estado de Educação e ex-vice governador Helenilson Pontes.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *