Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

45 anos de mineração no Pará

Presidentes do Simineral, Ibram, OAB-PA, TJE (interino) e da Frente Parlamentar, com o vice-governador.
Em edição bilíngue, com versão digital e outra exclusiva para o público infantil, o Simineral lançou o Anuário Mineral do Pará, ontem à noite, no complexo cultural São José Liberto, com a distribuição de 15 mil exemplares, que serão encaminhados também a 14 municípios do interior, sendo que 15 mil CDs irão para escolas públicas e instituições de ensino superior do Pará. Durante a cerimônia, muito prestigiada por autoridades, empresários, executivos do setor, advogados e jornalistas, o presidente da OAB/PA, Jarbas Vasconcelos, foi agraciado com a Comenda de Mérito “Minerador Honorário” e Franklin Feder, ex-presidente da Alcoa América Latina e Caribe, com o título honorífico “Minerador Destaque”. Ao lado da presidente do Sindicato dos Jornalistas do Pará, Roberta Vilanova, o presidente do Simineral, José Fernando Gomes Jr. lançou, ainda, a edição deste ano do Prêmio Hamilton Pinheiro de Jornalismo.

Amanhã, 14, é o Dia da Mineração no Pará, instituído por lei de iniciativa do deputado Raimundo Santos(PEN), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Mineração Sustentável no Pará, e marca 45 anos do início da pesquisa mineral na região de Carajás. 
O Anuário Mineral deste ano é todo focado na responsabilidade social corporativa. A ideia é politicamente correta, ainda mais que, historicamente, a atividade mineradora jamais encontrou obstáculos no território parauara, mas ultimamente o Ministério Público Federal vem defendendo – e exigindo – o cumprimento de normas da Organização Internacional do Trabalho(OIT) no sentido da necessária consulta prévia às populações tradicionais – em especial indígenas e quilombolas – nas regiões impactadas, antes da liberação das licenças ambientais para a lavra.

O respeito aos direitos humanos é um importante
aspecto do desenvolvimento sustentável. Defender os direitos humanos fundamentais e respeitar
as culturas, costumes e valores ao tratar com todos os afetados pelas atividades, e também nos
procedimentos de emprego – por exemplo, os que
impedem a discriminação – é medida que se impõe.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *