0
Brinquedos eróticos, filmes e revistas pornôs, pôsteres de mulheres nuas colados em armários, além de pagamentos de diárias em pleno recesso parlamentar, verba indenizatória muito superior ao limite constitucional, superfaturamento em material de expediente e locação de veículos, a corrupção campeia na Assembleia Legislativa do Amapá e foi desbaratada pela PF. Mas não é só lá. Será que não há alguém com aquilo roxo – para combinar com os objetos apreendidos – que ponha os corruptos de cá também na cadeia?
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Cueca blindada

Anterior

Música & cidadania

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *